domingo, 7 de maio de 2017

Como ser um bom amigo de um paciente oncológico!

Muitas pessoas se afastam dos pacientes oncológicos, justamente porque não sabem como lidar com a situação, não sabem o que dizer e como conviver com tamanha instabilidade emocional! Comigo não foi diferente! Como dizem, é justamente nos momentos difíceis que podemos ter a certeza de quem está mesmo disposto a estar do nosso lado, e são pouquíssimas as pessoas!
O Instituto Oncoguia publicou um artigo sobre o assunto, o qual compartilho com vocês!

Fato: A experiência de alguém com câncer é algo muito pessoal e única. Entretanto, se você se considera amigo de alguém que passa por um momento como esse, saiba que existem maneiras de tornar o processo um pouco mais empático, por exemplo, durante uma simples conversa. E se você anda se perguntando como falar sobre câncer, descubra o que é confortável de se ouvir e o que considero melhor evitar. Confira. 

Pergunte como ele está se sentindo hoje

Para começar, você precisa saber que cada tipo de câncer é diferente e, por esse motivo, cada paciente tem uma experiência única. E o que isso quer dizer? Seu amigo poderá experimentar dias bons e ruins e tudo isso será uma enorme montanha russa, dependendo de como ele estará se sentindo física e emocionalmente. É por isso que se você perguntar, "como está se sentindo hoje?" ao invés de um simples "Tudo bem?" ele provavelmente dará uma resposta mais precisa. Isto também permite maior liberdade para que ele fale sobre a sua atual condição.

Seja específico sobre a ajuda que pode oferecer

Se você quer fazer algo que genuinamente ajude um paciente com câncer, pergunte especificamente o que ele quer que você faça. Tente não abordar o tema de forma geral como "Se há algo que possa fazer,  apenas me avise.". Embora seja um oferecimento gentil, pode ser um problema para ele, imaginando o que pediria para você e também sentindo que pode vir a atrapalhar os seus planos. Em vez de complicar, seja preciso nas ações que você se sente confortável de oferecer, e isso vale desde preparar algumas refeições, cuidar dos filhos, fazer uma faxina, anotar recados ou levá-lo às consultas para que saiba que ele não está sozinho. Acredite, isso será algo muito significativo.

Esteja junto

A melhor forma para se comunicar com um paciente oncológico é estar totalmente presente. Ouça-o sem pensar em qualquer julgamento. Se ele se sente confortável com a sua presença, sentirá que você está 100% junto e passará, então, a dividir abertamente suas preocupações. Às vezes, só escutar já é em si o melhor a fazer. Como o que ele enfrenta nesse momento é um diagnóstico de câncer, você não poderá consertar esse momento ou oferecer uma cura, mas pode lhe oferecer um espaço seguro para que ele se sinta compreendido. No fundo, ele sabe que você não tem a solução, mas ele precisa saber que você pode estar ao lado dele nos bons e nos não tão bons momentos. Estas trocas se tornam muito poderosas e memoráveis.

Nem tão para cima, nem tão para baixo

Receber um diagnóstico de câncer representa enorme mudança de vida e tem quem queira deixar claro que ele, o paciente, se tornou um guerreiro e que espera que ele ganhe essa batalha. Vamos combinar: além de ter que lidar com todo processo oncológico, seu amigo enfrentará um bombardeio de mensagens para que ele seja corajoso diariamente. Isto poderá fazê-lo sentir-se mais no controle de sua doença, mas também fará com que se sinta péssimo em um dia ruim, já que não se sentirá sempre forte o suficiente para lidar com toda essa situação. 

Você não está errado em expressar sentimentos e frases clichês como "Você é MUITO forte, já venceu isso!", afinal, você apenas deseja que seu amigo se sinta mais confiante. Porém, as vezes isso pode parecer indiretamente como se ele não pudesse demonstrar qualquer vulnerabilidade. 
Pensando nisso, sugiro que diga  "Você é uma inspiração pra mim!" ou "Tenho aprendido muito com você...". Essas frases cumprimentam seus esforços, apesar de ter altos e baixos.

Diga alguma coisa. Mas não "qualquer" coisa

O câncer é uma doença de muitos conflitos, onde as pessoas sentem tanto receio que não sabem exatamente como reagir ou o que dizer ao escutar a notícia. Na verdade, ouvir alguém apenas mencionar essa palavra pode ser uma enorme surpresa. Mesmo assim, saiba que ficar em absoluto silêncio (ainda mais quando não estamos por perto), pode ser uma mensagem bastante mal interpretada. Você nem sempre saberá o que dizer, mas veja pelo lado positivo: as vezes, isso pode se transformar em uma grande oportunidade para ouvi-lo. Mesmo quando não souber o que dizer, não se afaste. Quer compreender melhor o diagnóstico dele? Estude! Procure sites de confiança, como o Oncoguia e receba informações de qualidade para não sair dizendo besteira ou "vendendo" remédios que prometem ser a cura do câncer.

Mas, não posso encerrar esse texto sem dizer à você para que não se cobre demais. O câncer não é um processo de tornar o chão aberto apenas ao paciente, ele é para todos os que escolheram estar por perto. E espero que meus conselhos o ajude na decisão de ser uma dessas pessoas. O melhor "truque" para lidar com essa situação sem gafes ou sensações ruins? Pergunte a si mesmo o que gostaria dos outros se VOCÊ fosse diagnosticado com câncer. Isso nunca falha...

Grande abraço e força,

2 comentários:




  1. Boa tarde Nanci!!! Como já deixei em um comentário anterior minha mãe foi diagnosticada em 02/16 com CA de ovário, porém esse mês teve que voltar ao tratamento com quimioterapia, mas acompanho as suas postagens é isso nos dá força para acreditar que existe vida sim após o diagnóstico, é um absurdo tudo o que já li e ouvi sobre essa patologia, muitas informações desanimadoras...Que Deus te abençoe sempre, creio na recuperação de minha mãe assim como a sua. Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Aline,
      Creio na recuperação de sua mãe também!
      Que Deus abençoe vocês!

      Excluir

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

CÂNCER DE OVÁRIO - NOSSA VOZ GANHANDO FORÇAS

Há 5 anos atrás muito pouco se ouvia falar sobre câncer de ovário! Muitas mulheres diagnosticadas com ca de ovário  sofriam caladas e isol...