terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Atenção Senhores Passageiros! Última chamada para o embarque!

Recebi esta mensagem pelo WhatsApp e não sei de quem é a autoria. No entanto, como é uma mensagem sensacional e bem apropriada para o Ano Novo resolvi compartilhar com vocês, queridos leitores:

Estaremos dentro de pouco tempo, começando mais uma viagem, com um tempo previsto em todo o trajeto de 365 dias. Carimbem o passaporte, definam o destino e embarquem na plataforma 2017. Quem tiver mágoas, ressentimentos, pendências e tristezas antigas na bagagem, favor descarregá-las no Balcão 2016, ao lado dos banheiros. Recomendamos o uso dos sapatos da boa vontade e as camisas do otimismo, evitando, durante a viagem, as saias justas da competitividade insana e os nós da gravata da ambição desenfreada. 
Os passageiros que portarem sorriso nos lábios, coração aberto e mãos prontas a construir terão assento preferencial ao lado da janela da felicidade. Solicitamos a todos que apertem o cinto da esperança e recomendamos que ninguém, em hipótese alguma, utilize a saída de emergência durante a viagem. 
Caso haja períodos de turbulências, mantenham a calma e a confiança no piloto desta aeronave, o Grande Comandante Universal. Em qualquer situação de medo ou desespero, contem também com nosso atendimento de bordo realizado, permanentemente, por nossos anjos do espaço que estarão ao lado de cada passageiro. Recomendamos durante todo o trajeto, atitudes de solidariedade, de atenção e carinho, principalmente, com as crianças e idosos, o que garante a participação em nosso programa de milhagem. 
O ar das cabines, em virtude das ações do homem, está extremamente seco, por isso, sugerimos a ingestão de água durante toda a viagem. Além disso, moderação com os alimentos gordurosos. Recomendamos, também, exercícios físicos como exercitar as pernas, braços e pés, evitando os inchaços prejudiciais à saúde. 
Importante lembrar que, embora tenhamos pessoas viajando em classes diferentes, nada assegura que na próxima viagem os passageiros terão direito aos mesmos assentos. Portanto, respeito e bom relacionamento com cada companheiro de viagem, independente da classe a qual pertença, será motivo de avaliação no momento do checkout. Para isto lembramos utilizarem o crachá da amizade e palavras de agradecimento e compreensão. 
Como já é de conhecimento de todos, teremos muitas escalas durante o trajeto, o que implica na necessária entrada e saída de pessoas, valendo recordar em todos os momentos da contínua confiança no Grande Comandante Universal. 
A todos, uma excelente viagem!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Consciência corporal/ mental e energia vital!


Toda doença surge quando o corpo quer nos dizer que, de alguma forma,  temos feito algo  de errado! E como saber o que temos feito de errado se não temos consciência do nosso corpo, tampouco da nossa mente? Um corpo saudável mantém-se saudável quando há um equilíbrio entre mente, corpo e alma, o que nos permite manter sempre em alta a nossa energia vital.
Somos seres dotados de energia, já nascemos com uma reserva de energia, mas também captamos energia do universo, através do que comemos, bebemos e respiramos, como também trocamos energia! Existe energia em tudo e em todos, acabamos consumindo energia em demasiado dependendo da forma como vivemos, podendo ocorrer falta ou desequilíbrio energético, o que acaba por  afetar o nosso corpo físico e, consequentemente, afetando a saúde física e emocional!
A lição que uma doença traz é sempre a mesma, os recados são sempre iguais: mude os pensamentos, mude as emoções, mude seus hábitos!
Sem dúvida alguma,  remédios e cirurgias da medicina ocidental são realmente importantes e salvam vidas, mas não tem a capacidade de tocar na alma, onde reside a cura profunda e completa.
A cura deve ultrapassar a barreira do físico, chegando ao não físico.
Atitudes erradas esgotam a nossa energia vital e nos adoecem. E quais atitudes erradas poderiam ser?
- Descaso com o corpo: descanso, boa alimentação, exercícios físicos e lazer são deixados de lado. E sua saúde energética, como fica?

- Pensamentos obsessivos: remoer um problema cansa mais do que trabalhar o dia todo; já pensamentos positivos recarregam as energias.

- Sentimentos tóxicos: choques emocionais, raiva e mágoas sugam a energia. Por outro lado, emoções positivas como amor e alegria recarregam a pilha e dão força para superar obstáculos.

- Fuga do presente: as pessoas tendem a achar que no passado tudo era mais fácil: “bons tempos!”, costumam dizer. Ou então, depositam a felicidade no futuro, mas deixam pouca energia no agora. E esquecem que só no presente construímos a vida.

- Falta de perdão: perdoar é libertar o passado e seguir em frente. Quem não perdoa o outro e a si mesmo, fica “energeticamente obeso”, carregando fardos passados.

- Mentiras: somos educados para desempenhar papéis sociais. A moça boazinha, a vítima, a mãe dedicada… Mas só quando somos nós mesmos a vida flui sem esforço.

- Viver a vida do outro: evoluímos com os relacionamentos, mas é preciso amadurecer individualmente. Quem cuida da vida do outro, interferindo mais do que deve, acaba sem energia para construir a própria vida.


Muita luz e energia a todos!

Ser bonzinho demais pode fazer mal!

Provavelmente, você já deve ter ouvido a frase: “bonzinho só se ferra”. Pois bem, existe um certo acordo universal, que parece realmente ...