sexta-feira, 3 de maio de 2013

Câncer de Ovário e a Carcinomatose peritoneal

Ontem, conversando com uma amiga sobre câncer de ovário, ocorreu-me que vale a pena divulgar os estragos que um pequeno tumor de ovário pode causar, se não detectado a tempo. Por isso a importância dos exames de rotina. No meu caso, mesmo efetuando os exames regularmente, infelizmente, o tumor não foi detectado. Esse tumor, quando foi descoberto, tinha cerca de 3 cm, mas já tinha se espalhado pelo meu abdômen, dando origem a uma carcinomatose peritoneal, que  significa a presença de múltiplos carcinomas secundários originários de um tumor primário.

O peritônio é uma membrana que reveste a parte interna da cavidade abdominal e recobre vários órgãos como o estômago e os intestinos. Toda essa camada é rica em vasos do sistema linfático, que funcionam como sistema de defesa do organismo.

Quando o tumor de ovário, por exemplo, cresce, se espalha e se implanta no peritônio, surge a carcinomatose peritoneal. Nessas situações, células tumorais se desgrudam do órgão acometido e conseguem migrar e se implantar no peritônio, contribuindo para a disseminação da doença. Quando a doença alcança esse estágio, os recursos terapêuticos abarcam desde quimioterapia até intervenções cirúrgicas.

Sintomas

Os sintomas da doença podem incluir dor abdominal, massa abdominal, aumento da circunferência abdominal, distensão do abdômen, ascite (fluído no abdômen), febre, perda de peso, fadiga, anemia e distúrbios digestivos. Portanto, muita atenção a esses sintomas, que muitas vezes podem ser confundidos com problemas digestivos ou com cólicas menstruais!

Tratamento

A carcinomatose peritoneal é tratada, habitualmente, com quimioterapia por via venosa, mas a melhor forma de tratamento é a cirurgia citorredutora que consiste na retirada de tudo aquilo que apresenta doença visível.

112 comentários:

  1. Oi tudo bem, minha mãe tem Carcinomatose peritoneal, ela está fazendo quimioterapia pela segunda vez, pois o CA 15-3 está elevadíssimo, estava em 360...Se vc puder me passar mais informações sobre o tratamento lhe agradeço, Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá leitor(a),
      No meu caso, a carcinomatose foi oriunda do câncer de ovário, pois até o marcador tumoral é diferente, que é o CA 125!
      Quanto aos tratamentos, somente o médico poderá lhes indicar o tratamento mais efetivo, que vai desde o tratamento quimioterápico até o tratamento cirúrgico!
      Boa sorte!
      Abraços.
      Nanci

      Excluir
    2. Olá Nancy,
      seu CA 125 chegou até que nível? O da minha irmã estava 380, junto com CEA que chegou a 12,8. Segundo os médicos, ela teve a disseminação de 2 cânceres distintos (no ovário e no cólon), o que é raro.
      Bjs
      Cris Brandão

      Excluir
    3. Olá Cristiané
      O cá 125 da minha mãe chegou a 6678.hoje depois da primeira cirurgia,um ciclo de quimioterapia, uma segunda cirurgia e a volta do tratamento o ca baixou pra 112.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, obrigada pela rápida resposta. Na maioria das vezes essa carcinomatose se origina nos ovários mesmos, mas graças a Deus o marcador CA 125 da minha mãe está baixo. A cirurgia para ela não é muito indicada pois tem 68 anos, mas vamos ter fé que Deus vai passar, boa sorte em sua recuperação e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  4. Olá Nanci, parabéns pela força! Minha mae tem 68 anos tem ca de ovário e carcinomatose peritoneal, estamos pensando em pensar na hipotese de citorredução, mas tememos pela sua idade, o ca125 agora esta normalizado, mas chegou a 4356...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá leitora,

      Cabe ao médico avaliar o risco, de acordo com as condições físicas de sua mãe, mas é uma cirurgia que garante ótimas possibilidades!
      Abraços e boa sorte!
      Nanci

      Excluir
  5. minha mãe está com carcinomatose peritoneal, ela tem 81 anos,mas o caso dela não tem quimio nen radio nem cirurgia apenas o tratamento paliativo ela já perdeu 18kgs está acamada não movimenta mais as pernas cada dia é um novo dia sua filha única junto com meu pai lutamos com muita fé e agradeço a cada dia por este momento único. seja forte e confie em nosso senhor jesus,bjs boa tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá....minha vó perdeu muito peso também até descobrirmos o Pró-Sure da ABBOTT e ela voltou a engordar e se sentir melhor....vcs já tentaram?

      Excluir
    2. Minha vó está perdendo muito peso tbém fiquei esperançosa sobre esse pró-sure, vou comprar!!!! A sua vó está melhor????

      Excluir
  6. querida leitora,
    após o tratamento, graças a deus estou bem!
    Obrigada pelo carinho, o qual compartilho com sua mãe!
    Beijos e fé em Deus.
    Nanci

    ResponderExcluir
  7. boa tarde Nanci eu tenho 52 anos e no ano passado em agosto descobri que estou com câncer de ovário e carcinomatose peritoneal o tratamento foi quimioterapia ate março/13 e como minha medula estava muito debilitada a medica parou com a quimio para que a medula restabecer , dia 04/09/13 nos exames constatou que o tumores estão estabilizado e começou um novo tratamento fiz a quimio e 25/09/13 vou fazer segunda o incomodo e as cólicas e dores no abdomem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida leitora,

      Eu também sentia fortes dores e cólicas abdominais após as quimioterapias e minha oncologista mencionou que era devido a reação do medicamento no tumor. Apesar das dores e ficava feliz, pois sabia que a quimio estava agindo e surtindo efeito... Pior seria se eu não sentisse nada!
      Boa sorte no seu tratamento e uma ótima recuperação! Se tiver facebook, junte-se ao grupo Somos mais que vencedoras.
      Beijos.

      Nanci

      Excluir
  8. nanci desejo a vc boa recuperação tenha muita fé,ore e crei no senhor jesus cristo só ele cura e nos liberta.só em oração e fé consigui terveio força para ajudar minha mãezinha que ontem veio a óbito,desde o dia 13/09 ficou enternada,sei que fizemos de tudo infelizmente os estado dela estava muito avançado.mas o milagre aconteceu era o que eu mas temia as dores não aconteceu os órgãos foram paralisando assim ela teve um descanso tranquilo com os seus 81 anos .por isso tenham fé que de uma forma ou outra o milagre acontece.bjs boa tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida leitora,
      Foi com pesar que recebi a notícia sobre o falecimento de sua mãe, que ela descanse em paz!
      Eu estou ótima graças a Deus! Estou há mais de um ano sem sinal da doença e esse para mim é o milagre acontecendo e creio em Deus e em Jesus que estou curada!
      Beijos.
      Nanci

      Excluir
  9. Ola boa tarde ,infelismente n posso dixer o mesmo,no dia 28 de agosto foi diagnosticado a minha mae carcinomatose peritoneal e hoje e dia 27 de setembro e nao ha nada a faxer por a minha mae ja está num estado muito avancado esta nos cuidados paleativos a espera da hora dela .e uma dor imensa por sentido de impotência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida leitora,
      Tem situações que fogem ao controle dos homens e que estão somente nas mãos de Deus! Não se sinta impotente, pois Deus, em sua infinita sabedoria, tem o controle!
      O que você pode fazer pela sua mãe e dar-lhe todo o carinho e amor que ela merece, pois creia-me, este é um remédio e tanto, se não para o corpo, para a nossa alma!
      Beijos e que Deus lhes dê a força necessária.
      Nanci

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde, Nanci
    Vc teve ascite?

    ResponderExcluir
  12. Olá, Nanci
    Minha mãe está fazendo a quimioterapia. É o mesmo caso q o seu. Vc precisou fazer alguma cirurgia? Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Sim eu fiz cirurgia após 4 ciclos de quimio e depois da mesma, mais 4 ciclos de quimio.
      Bjs e boa recuperação para sua mãe. Fiquem com Deus!
      Nanci

      Excluir
  13. Boa noite, Nanci
    Vc fez 8 ciclos, o médico falou q minha mãe vai fazer 6. Vai fazer a terceira agora. Nossa! Como custa a passar o tempo, né? Não sei se ele vai fazer cirurgia, vamos aguardar. Como foi sua cirurgia? Tirou tudo? Seu ca 125 deu muito alto? Beijos Fernanda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda,
      Demora mesmo a passar o tempo!
      Quanto ao CA e à cirurgia, leia as minhas primeiras postagens no blog, onde relato tudo o que se passou comigo.
      Bjs e boa sorte para sua mãe. Fiquem com Deus!

      Excluir
  14. Boa noite nanci eu estou a espera de uma cirugia estou cada dia me sentindo muita dores e todos esses sintomas não sei o que pensar? beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lenita,

      Não sofra por antecipação! Muitas outras doenças causam dores abdominais...Aguarde a cirurgia, pois somente esta e a biópsia poderão confirmar o o que você tem! Tenha fé em Deus!
      Beijos.

      Nanci

      Excluir
  15. Lendo tantos relatos e preocupações, fortaleço-me e busco esperanças em todos (as) vocês, pois minha vida e toda minha família acaba de ser acometida com a notícia de que minha mãe, aos 76 anos de idade apresenta um quadro de dores abdominais, diarreia constante e emagrecendo vertiginosamente. Felizmente encontramos um médico que nos levou ao diagnóstico real, constatando um CA de ovário com peritoneal... Amanhã ela passará por uma cirurgia, onde recolherá material para biopsia, além de verificar o diagnóstico será implantado um cateter para as aplicações do tratamento quimioterápico..., ou seja, muitas emoções, dúvidas... Peço a todos que orem por nossa tranquilidade, discernimento e fortaleza! É possível estar curado ou apenas será prolongada a vida, mediante tratamentos e acompanhamentos! Jeferson Mundim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Jeferson, bom dia!
      Primeiramente, desejo a sua mãe uma ótima cirurgia e recuperação!
      Os médicos não falam em cura quando o diagnóstico é tardio, como no meu caso e no de sua mãe, pois o ca passa a ser uma doença crônica, como o diabetes, que requer acompanhamento constante! Felizmente, os tratamentos disponíveis hoje nos garantem uma ótima sobrevida! Mas creio em milagres e creio que Deus possa nos curar sim, pois a nossa fé é extremamente poderosa!
      Seja forte e procure transmitir toda a sua força e fé para sua mãe, pois percebemos qualquer abatimento e descrença quando estamos doentes!
      Abraços e fique com Deus!
      Nanci

      Excluir
    2. Prezada Nanci, eu espero que vc se recupere bem, Deus te abençoe! Meu pai de 78 anos tb está com carcinomatose peritoneal, mas o tumor original é do pâncreas. Ele começou a quimio ontem, oramos para que elr tenha o mínimo de reação colateral. Nesse momento o que mais precisamos é que a ascite diminua. Isso é possível com a quimio? Abraços. Lilian.

      Excluir
    3. Olá Lilian,
      Como o acumulo de líquido no abdômen tem origem no tumor, a tendência com a quimio é reduzir o tumor e, consequentemente, o líquido no abdômen.
      Caso a quantidade de líquido esteja incomodando muito, verifique com o médico a possibilidade de retirar o líquido,
      Beijos e boa sorte para o seu pai.
      Fiquem com Deus!

      Excluir
  16. ola,minha mae fez semana passada uma cirurgia para retirar toda doença que estava dentro dela,retirou o utero ovario,raspou em cima do figado retirou o reto,e raspou mais partes do corpo q estava cm a doença,ficou 4 dias na uti,esta usando bolsinha de colostomia,mas agora esta em casa graças a deus se recuperando,so q sua biopcia deu andenocarcinoma ..isso significa um cancer que pega outros orgaos,ela tera q enfrenta uma dura batalha pela frente,fazer quimio e estamos muito tristes cm tudo isso,pois ela é nova tem 61 anos,super forte nunca fumou bebeu,sempre se cuidou ,sempr foi ao medico e quando descobriu seu tumor ja estava cm 15 cm...meu deus,sera q ela vai se curar dessa doença?o medico tirou toda doença mas estams com muito medo q volte...e ela tem medo da quimioterapia passar mau..estams todos assustados cm tdo isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá leitora,

      A químio realmente nos causa várias reações, mas é o tratamento complementar à cirurgia!
      Quanto à cura, ninguém sabe, pois tudo dependerá de como o pp. corpo irá reagir ao tratamento.
      Bjs e boa recuperação para a sua mãe! Fiquem com Deus!
      Nanci

      Excluir
  17. Olá Nanci, boa tarde
    desculpe minha curiosidade, mas é que eu estou desesperada. Minha mae fez ontem a última quimioterapia e agora vai fazer a cirurgia. Foi o mesmo caso do seu. Vc tirou parte do peritoneo? Toma algum remédio ate hoje? Um bj Fernanda

    ResponderExcluir
  18. Ola! Também tenho ca de ovário e carcinomatose peritoneal. Já fiz 1 ciclo com 9 sessões de quimio. Agora estou me preparando para uma cirurgia de intervalo, o que quer dizer que após a recuperação cirúrgica farei novas sessões de quimio. Tenho 61 anos e a luta é grande, os incômodos da quimio são constantes, principalmente as cólicas abdominais e a diarréia. Lutando e seguindo em frente
    Só queria dar meu depoimento. Não se deixem abater. Deus está conosco
    Dele vem a nossa força. Coragem

    ResponderExcluir
  19. Boa noite! até o momento não falei pra ninguem, mas sinto um desconforto muito grande na parte abdominal, faço refeiçoes com poucas calorias mas a barriga cresce e aumento 1 K por dia, de manha diminui um pouco mas a barriga grande no fim do dia e formaçao de gases e acumulo de liquido é muito desagradavel, nao estava levando serio o caso, tomando luftal pra aliviar ...mas ultimamente comecei a pesquisar na internet até que vim parar no seu blog... que é muito informativo...´o meu caso já e antigo, mais de 1 ano, de vez em quando sangro ao evacuar, pensei no inicio que era hemorroida que tinha voltado, sinto sensaçao desagradavel de que a evacuaçao nao completou... qual especialista que devo procurar? agradeço sua atenção e resposta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida leitora,
      Procure com urgência o seu ginecologista e solicite um ultrasom transvaginal com doppler colorido e o exame de marcador tumoral ca 125 e ce.
      Os sintomas de ca de ovário geralmente se confundem com problemas gástricos ou digestivos.
      Se o exame der negtivo, aí sim procure um gastro.
      Boa sorte...

      Nanci

      Excluir
    2. muito obrigada! me encorajou muito... vou fazer isso....

      Excluir
  20. Em fevereiro de 2014, após se consultar com 04 médicos ginecologistas minha mãe com 64 anos de idade recebeu o diagnóstico de câncer de útero. Os 03 “médicos” anteriores haviam dito que o sangramento e as dores eram fruto de uma pequena inflamação que seria solucionada com um remédio de dose única.
    De posse do diagnóstico teve o encaminhamento para o oncologista, que solicitou nova bateria de exames complementares para então iniciar o tratamento iniciado em abril de 2014 que dispensava procedimento cirúrgico e constava de 25 sessões de radioterapia, 07 de quimioterapia e 04 de braquiterapia. Mesmo tendo conhecimento que o tumor media 5 cm e estava no organismo dela a mais de 15 anos, o médico experiente nunca mencionou que neste caso havia grande possibilidade de metastáse. Acompanhada em todas as consultas e procedimentos, sempre ouvíamos do oncologista que era um caso 100% curável.
    Durante e após o término do tratamento muitos exames foram solicitados, e este confirmava o sucesso, em agosto de 2014 em novo exame o tumor havia sido debelado, comemoramos quando o médico afirmou a cura.
    Posteriormente em consultas de acompanhamento minha mãe relatava muitas dores abdominais, ocasionais diarréias, enjoo e falta de apetite, o oncologista afirmava que tais sintomas eram decorrentes dos procedimentos realizados no tratamento. Certa vez em um exame que aponta o indice tumoral, apresentou valor mais elevado que antes do inicio do tratamento, questionado em particular pela minha irmã o mesmo informou que era normal.
    O desconforto da minha mãe só aumentava até que em nova consulta, agora com o abdomem rígido, muito inchado (já apresentando um quadro de ascite, por nós até então desconhecida) foi encaminhada por ele para uma emergência. Medicada retornou para casa até que no dia 01 de novembro levamos minha mãe com dores insuportáveis para uma clínica, no dia 02 de novembro recebemos do MÉDICO que não era oncologista o diagnóstico de carcinoma peritonial e com sobrevida muita reduzida.
    Minha mãe faleceu no último dia 06 de dezembro, após 09 meses de muito sofrimento e muita negligência por parte do “médico oncologista”, que após o agravamento do caso simplesmente nos abandonou. Sabemos que ele não é Deus e não opera milagres, porém deveríamos ter sido alertados e sobre a grande incidência de metastáse para que até ela pudesse optar.
    Eu, minha irmã e meu tio tentamos de tudo para salva-lá, porém já fraca e muito debilitada a retomada da quimioterapia apenas acelerou sua partida, entubada, sedada e anestesiada, com sonda na bexiga, dreno no pulmão, sonda nasogástrica permaneceu desde o dia 27 de novembro até o dia de sua partida.
    Nos resta a dor e a certeza que ela merecia um tratamento mais digno por parte do oncologista, que tratou o caso como banal, 100% curável se omitindo e deixando que o tumor tomasse conta dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida leitora,
      Lamento imensamente pela sua perda.
      Infelizmente, ainda existem e continuarão existindo erros médicos.
      Eu mesma recebi um falso diagnóstico de síndrome do intestino irritável, quando apresentei os primeiros sintomas do ca de ovário. Isso mais de uma ano antes de ser realmente diagnosticada com câncer já em estágio avançado.
      Como são médicos, as gente acaba confiando, pois imaginamos que sabem o que fazem, mas isso não é verdade!
      Aprendi que, na dúvida, sempre vale a pena consultar uma segunda ou terceira opinião.
      Que Deus possa confortar o seu coração.
      Beijo com todo o meu carinho.
      Nanci

      Excluir
  21. Nanci, vc fez implante peritoneal? Ou cirurgia citorredutora q eu nao sei se é a mesma coisa. Minha mãe fez 6 sessões de quimio e antes de fazer a última fez uma ressonância q nao acusou nada no peritoneo. Fez a cirurgia em setembro do ano passado e agora fez outra ressonância q acusou carcinomatose peritoneal de novo. O seu voltou tbm? Vc ta fazendo algum tipo de tratamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara leitora,
      Não fiz implante peritoneal, somente a cirurgia citorredutora. São coisas distintas...
      Não tive recidiva após a cirurgia...Mas cada tipo de cancer e cada corpo reage de uma forma diferente ao tratamento...Somente faço os acompanhamentos.
      Beijos

      Excluir
  22. Olá Nanci!
    Minha tia retirou ovários, útero, trompas e na biópsia foi descoberto células cancerígenas.
    Ela fez quimioterapia para câncer de ovário.
    Mas ela não estava bem e foi descoberto um tumor perto do intestino e rim.
    Não sei direito explicar sobre todo passo a passo, só sei que o tumor maior foi retirado do canal do rim, retirou-se um dos rins dela e foi retirado vários outros tumores menores do intestino e acho que pedaço do intestino dela.
    Ela está usando a bolsinha por onde sai as fezes e os gases.
    Foi constatado que a célula cancerígena escapou do ovário e agora, meses depois da segunda cirurgia, Ela está novamente fazendo quimioterapia.
    Mas está muito fraca, mal estava se alimentando e agora o que consegue ingerir está vomitando.
    E não para de sair muco pelo ânus dela.

    Esta cirurgia que citei que ela fez foi uma cirurgia citorredutora?

    Você acha que ela pode está com carcinomatose peritonial?

    Você tem dicas para ela conseguir se alimentar sem vomitar?
    Dica de alimentos?


    Você está bem né?

    Gostaria muito de poder conversar mais com você.
    Você teria como me passar seu e-mail Ou Facebook?

    Um Abraço.


    Eu me chamo Marianne.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marianne,
      Desculpe a demora em responder.
      Cirurgia citorredutora, como o próprio nome diz, é a cirurgia para retirada do tumor, reduzindo-o ao máximo, para que o efeito da quimioterapia seja eficaz.
      Somente o médico poderá dizer se se trata de carcinomatose peritoneal. Quanto às dicas para alimentação, proponho que procurem por um nutricionista, que poderá indicar uma melhor alternativa.
      Boa sorte.

      Nanci

      Excluir
  23. Oi Nanci tudo bem?
    Fiquei feliz em encontrar seu blog
    Minha mãe está com carcinoma peritoneal.
    Já fez uma cirurgia para tirar o tumor maior e vai iniciar a quimio. Ela sente muita dor abdominal.
    Como é o nome da página no face?

    ResponderExcluir
  24. Ola! Foi diagnosticado ao meu pai carcinomatose peritoneal. um ano depois de ter sido operado aos intestinos para remover o tumor. Vai iniciar amanhã 6 meses de quimio para depois ser submetido a uma cirugia. Os médicos disseram que se encontra no estágio IV, no entando não me dizem mais nada. Não consigo ter noção da gravidade da situação, espero que me possam ajudar..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      A quimio realmente reduz bastante o tumor e torna a cirurgia menos invasiva.
      Boa sorte para o seu pai e confie que tudo dará certo.

      Excluir
  25. Boa tarde,

    Minha mãe tem 64 anos, ja teve um avc em 99, tem problema de pressão e diabetes, ha 20 dias teve sintomas de infecção urinaria, fazendo tratamento em 9 dias, a barriga começou a inchar e inchar, levei e foi diagnosticado o cancer de ovário do tipo carcinomatose peritoneal, eles foram sinceros demais conosco e disseram q não tinha o q fazer, pois ja havia tomado a visicula, o figado, os intestinos e estava em toda parte de sua barriga, disseram q ela esta nas mãos de Deus, ela ainda nao passou com oncologista pois temos q esperar os exames ficarem prontos, só que ela ja nao come mais como antes, esta falando pouco e o pouco que fala não tem sentido, e só quer dormir, o que eu faço em uma situação dessas?? Ela não quer mais internar, e eles disseram q temos q dar conforto no lar dela... estou muito triste em ver minha mae assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Candy como está sua mãe ? Minha mãe quase o mesmo problema os primeiros médicos falaram as mesmas coisas mas ontem ela teve uma consulta com oncologista onde ele foi muito bom interno ela vai drenar um pouco da ascite que ela tem para depois iniciar a quimioterapia e depois cirurgia mas com fé em Deus ela vai sair desta. Espero que sua mãe tbem já esteja bem melhor e procure outra opinião por que qndo um médico diz não tem jeito pra ele pode ser mas Deus diz que tem jeito sim. fique com Deus

      Excluir
  26. Querida Candy,
    Já tentaram buscar uma segunda opinião? Já ví médicos errarem.
    Se o diagnóstico e o estadiamento estiverem corretos, tente procurar um tratamento paliativo, ao menos para ajudá-la a comer...Tenha fé em Deus e cerque-a de muito amor e carinho.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Boa noite! O meu pai está fazendo quimio tem carcinomatose peritoneal do intestino, com a quimio ele ter uma sobrevida com qualidade? Ele tem 78 anos e muito forte.obrigada!

    ResponderExcluir
  28. Boa noite! O meu pai está fazendo quimio tem carcinomatose peritoneal do intestino, com a quimio ele ter uma sobrevida com qualidade? Ele tem 78 anos e muito forte.obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eliana,
      Hoje, com os tratamentos de primeira linha é possível sim uma maior sobrevida.
      Tudo dependerá de o organismo dele reagir bem ao tratamento.
      Fiquem com Deus.

      Excluir
  29. Boa tarde, minha mae esta se tratando de cancer no peritônio, não está fácil ela está indo pra quarta químio, e está com as pernas ficando muito inchadas e com dormencia nas mãos e pes e pernas, melora co a químio, e depois da terceira químio tem que fazer o CA 125 e aumenta de novo o tumor, ja chegou a 40 e poucos mil e caiu pra 8.000 e agora foi de 18.000 pra 27.000, sobe e desce, não ta fácil vejo que ela sofre muito com isso, e eu eu longe e nao posso ir sempre lá, não tá fácil.

    ResponderExcluir
  30. Boa tarde, minha mae esta se tratando de cancer no peritônio, não está fácil ela está indo pra quarta químio, e está com as pernas ficando muito inchadas e com dormencia nas mãos e pes e pernas, melora co a químio, e depois da terceira químio tem que fazer o CA 125 e aumenta de novo o tumor, ja chegou a 40 e poucos mil e caiu pra 8.000 e agora foi de 18.000 pra 27.000, sobe e desce, não ta fácil vejo que ela sofre muito com isso, e eu eu longe e nao posso ir sempre lá, não tá fácil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara leitora,
      O ca de peritônio é difícil de ser tratado, pois geralmente a quimio somente reduz o tumor, mas não o elimina!
      Desejo melhoras para a sua mãe.
      Fiquem com Deus.

      Excluir
  31. Boa noite Nanci minha mãe foi diagnosticada com carsinomatose peritoneal em 10 de novembro de 2015 ,como ela estar tendo muito ascite ficou internada tiraram 3 litros de líquido da barriga dela para dar uma aliviada e agora só Deus temos que esperar uma vaga no SUS para ela passar com oncologista. Qndo ela passar com o onco vai demorar qnto tempo para começar a quimio ? Sou evangélica tenho muita fé em Deus que vai dar tudo certo bjo fica com Deus.

    ResponderExcluir
  32. Boa noite Nanci minha mãe foi diagnosticada com carsinomatose peritoneal em 10 de novembro de 2015 ,como ela estar tendo muito ascite ficou internada tiraram 3 litros de líquido da barriga dela para dar uma aliviada e agora só Deus temos que esperar uma vaga no SUS para ela passar com oncologista. Qndo ela passar com o onco vai demorar qnto tempo para começar a quimio ? Sou evangélica tenho muita fé em Deus que vai dar tudo certo bjo fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ligia,

      Difícil dizer qual o protocolo adotado para esse tipo de câncer no SUS. A ANS determina o prazo de até 60 dias.
      Espero que sua mãe esteja bem.
      Abraços e fique com Deus.

      Excluir
  33. Nancy,
    Que bom poder falar mm com quem já passou por isso.
    Recebi meu diagnóstico semana mm passada(adenocarcinoma). Graças ao silêncio desse tipo de câncer.
    É duro, mas acredito que seja possível sim lutar contra esse tipo de problema.
    Estou fazendo exames complementares para iniciar a quimioterapia, sempre quis conversar com alguém que tenha passado por isso é ser como esta conseguindo conduzir as coisas durante a a quimioterapia.

    Como passou pelas reações e como posso contribuir para com o tratamento?

    ResponderExcluir
  34. Nancy,
    Que bom poder falar mm com quem já passou por isso.
    Recebi meu diagnóstico semana mm passada(adenocarcinoma). Graças ao silêncio desse tipo de câncer.
    É duro, mas acredito que seja possível sim lutar contra esse tipo de problema.
    Estou fazendo exames complementares para iniciar a quimioterapia, sempre quis conversar com alguém que tenha passado por isso é ser como esta conseguindo conduzir as coisas durante a a quimioterapia.

    Como passou pelas reações e como posso contribuir para com o tratamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriani, bom dia:

      Passado o susto inicial, temos que nos agarrar ao tratamento com muito otimismo!
      As reações da quimio não são das mais fáceis. Experimentei todas elas. No site http://www.oncoguia.org.br/ você poderá encontrar várias dicas sobre alimentação, formas de reduzir os sintomas e outras importantes dicas para te ajudar nessa fase.
      Muita força, foco e fé nesse momento!
      Beijo e fique com Deus!

      Nan

      Excluir
    2. Nancy,

      Obrigada

      Vc e muito especial, pois passar por tudo isso e continuar com um ponto de vista tão altruísta.
      Não é comum isso.
      Que o Deus criador lhe de poder além do normal para continuares firme, e ajudando a tantos com sua atenção tão amorosa.

      Obrigada

      Excluir
    3. Nancy,

      Obrigada

      Vc e muito especial, pois passar por tudo isso e continuar com um ponto de vista tão altruísta.
      Não é comum isso.
      Que o Deus criador lhe de poder além do normal para continuares firme, e ajudando a tantos com sua atenção tão amorosa.

      Obrigada

      Excluir
    4. Querida Nancy,



      Fiz minha primeira quimioterapia nesta segunda feira e estou muito bem .
      Obrigada por sua orientação, e conselhos.
      Obrigada.

      Excluir
    5. Querida Nancy,



      Fiz minha primeira quimioterapia nesta segunda feira e estou muito bem .
      Obrigada por sua orientação, e conselhos.
      Obrigada.

      Excluir
  35. Boa tarde!
    Minha mãe tem 52 anos e começou a ter ascite, foi feita paracentese de alivio e coleta de amostra para exame, o Ca 125 deu alterado, apos RM e TC a médica deu diagnostico de carcinomatose peritoneal dia 11/12 estamos em oração, pois ela encaminhou para tratamento de quimioterapia e triagem com gastro oncologista, gostaria de saber como são as sessões de qumio, a médica disse que será endovenosa, mas é o dia todo? Quantas vezes na semana é feita?
    Obrigada;
    Samara

    ResponderExcluir
  36. Boa tarde Nanci!
    Gostaria de saber onde você fez o seu tratamento, estamos tentando no Hospital de Barretos;
    Att;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida,
      As quimios diferem de paciente para paciente e de acordo com o tipo de ca.
      Fiz meu tratamento no AC Camargo, em São Paulo.
      Abraços.

      Excluir
    2. Boa tarde Nanci! Gostaria de agradecer por tirar minhas dúvidas, graça a Deus minha mãe fez a quimioterapia, depois a citoredutora, os médicos avaliaram e disse que ela não tem mais câncer, agora ela irá fazer acompanhamento a cada três meses...
      Bjus e Feliz Ano Novo, tdo de bom p vc, mta saúde!

      Excluir
  37. Olá Nanci,
    Gostaria de agradecê-la pelo blog e dizer que a sua estória é uma esperança para nós. Minha mãe tem 62 anos e foi diagnosticada em outubro com ca de ovário, tb com tumores no peritônio. Semelhante a sua história, efetuava os exames de rotina anualmente como recomendado e nada aparecia, começou a ficar com a barriga muito inchada e sem conseguir se alimentar e só com a tumografia descobrimos o câncer em seu estágio avançado. Fez a videolaparascopia e o medico disse que o tratamento deveria ser por quimio pois o abdômen estava tomado de tumores. Iniciamos as quimios semanais com carbo + taxol semanal e avastin a cada 15 dias. O problema é que o ca 125 que era de 450 após a sexta quimio está em 602, estávamos muito esperançosos pela redução. Além da quimio e da cirurgia você pode me indicar o que pode ajudar a minha mãe a conseguir vencer essa doença. Que Deus ilumine a sua vida e lhe dê muita saúde. Beijos. Karen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida,
      A cirurgia, a quimioterapia e o pensamento positivo são realmente os melhores remédios.
      Dependendo da crença religiosa de sua mãe, a fé também ajudará bastante.
      Beijos e fiquem com Deus.

      Excluir
  38. Tive carcinomatoseperitoneal, fiz quimioterapia, cirurgia e após isso os exames começaram a dar bem (petscan e ca125), agora seis meses após a cirurgia meu ca125 subiu para 74. Não sei o que pensar, mas acho que o câncer voltou.

    ResponderExcluir
  39. Tive carcinomatoseperitoneal, fiz quimioterapia, cirurgia e após isso os exames começaram a dar bem (petscan e ca125), agora seis meses após a cirurgia meu ca125 subiu para 74. Não sei o que pensar, mas acho que o câncer voltou.

    ResponderExcluir
  40. Boa noite, Nancy! Tenho uma amiga que acabou de ser diagnosticada com carcinomatose peritoneal grau 3. Ela está querendo ir pra são Paulo pq o médico disse que não tem como fazer cirurgia devido ao estágio avançado. Qual médico no AC Camargo ela pode tentar uma consulta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara leitora,
      A carcinomatose peritonial pode ser primária, qdo o câncer surge no próprio peritôneo, ou secundária, quando se inicia em outro órgão e há metástase para o peritôneo... No meu caso, surgiu no ovário, com metástase para o peritôneo... Um cirurgião ginecológico tem me acompanhado... Precisa verificar com sua amiga onde esse câncer teve origem, se peritônio. Intestino, ovário, estomago, pancreas, etc, para procurar o médico adequado no AC Camargo.

      Excluir
    2. Cara leitora,
      A carcinomatose peritonial pode ser primária, qdo o câncer surge no próprio peritôneo, ou secundária, quando se inicia em outro órgão e há metástase para o peritôneo... No meu caso, surgiu no ovário, com metástase para o peritôneo... Um cirurgião ginecológico tem me acompanhado... Precisa verificar com sua amiga onde esse câncer teve origem, se peritônio. Intestino, ovário, estomago, pancreas, etc, para procurar o médico adequado no AC Camargo.

      Excluir
  41. Boa tarde,
    Retirei um cisto no ovário. A biopsia deu como se fosse metástase. Hoje fiz tomografia e deu cisto hepático. Agora veio a ansiedade, esperar a consulta.

    ResponderExcluir
  42. Alguém sabe me dizer, se um cisto ovariano pode ser na verdade uma metástase causada pelo cisto no fígado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara leitora,
      Somente a biópsia poderá indicar se se trata de um câncer secundário, ou seja, decorrente da metástase de um câncer primário ocorrido em outro órgão.
      Boa sorte.

      Excluir
  43. Boa noite Nancy minha mãe tem 72 anos e também está com carcinomatose peritoneal decorrente de um cancer de endométrio, ela é diabética, fez 03 sessões de quimio das 04 prescritas, mas a quarta foi suspensa até então pois está com a creatinina alta 2,0. Fico feliz e torço por você por estar nesse luta desde de 2011. Tenho certeza que minha mãe também terá forças para lutar. Tem alguma dica importante?

    ResponderExcluir
  44. Parabéns Nancy,
    Esses comentários me trouxeram muitos esclarecimentos.Estou com minha mãe de 78 anos fazendo quimio já no terceiro ciclo contra um câncer de ovário em estágio 3 diagnosticado em maio/2016. Esperamos que ela consiga uma sobrevida mas sei que só Deus pode garantir essa vitória.
    Que vc continue com ajude de Deus Pai,Filho e Espírito Santo recuperando-se e podendo ajudar outros.
    Abraço Meire

    ResponderExcluir
  45. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  46. Boa noite Nancy, eu também fui diagnosticada com Cancer de Ovário. Fiz a cirurgia, e graças á Deus no meu caso não havia afetado os demais órgãos, porém os médicos estão estudando se será necessário fazer algumas sessões preventivas de quimioterapia. Gostaria de saber se conhece alguém que teve esse mesmo procedimento que o meu, estou muito ansiosa com tudo isso! Um forte abraço e obrigada por esse canal. É muito esclarecedor e faz com que não nos sentimos sozinhos com este problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, a cirurgia remove somente o que é visível a olho nú. A quimioterapia auxilia para matar as células microscópicas que possam ter restado e complementar sim o tratamento!
      Participe de nosso grupo no Facebook: câncer de ovário Juntas somos mais fortes.
      Beijos

      Excluir
    2. Querida, a cirurgia remove somente o que é visível a olho nú. A quimioterapia auxilia para matar as células microscópicas que possam ter restado e complementar sim o tratamento!
      Participe de nosso grupo no Facebook: câncer de ovário Juntas somos mais fortes.
      Beijos

      Excluir
  47. ola minha mae começou com cancer de ovario em 2006 depois em 2012 a doença volto no carcinoma peritoneal o ca dela chego a quase 3 mil ai ela desistiu fico sem comer 3 semana e morreu no dia 23 de setembro de 2013 ainda sinto falta dela
    mais queria saber se os 3 dias que ela fico na uti do cepom ela sofreu muito e que dores sofreu pq eu nao pude ver ela no hospital ja tentei suicidio 3 vezes estou com depressao e sonho muito com ela foram 7 anos de sofrimento ela nao fumava nao bebia nada de droga por que ela adiquiriu essa doença com 53 anos se foi uma pessoa tao boa nao sei explicar eu choro todo dia email rfpp.p@hotmail.com telefone 48 99008475

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Rafael Pinto34
      Peço desculpa por comentar o seu caso, mas não resisti porque é como se falasse para o meu filho. Tenho carcinoma do ovário, fiz 3 ciclos de qt e não sei qual será o meu futuro. Nunca tinha estado doente. Também tenho um filho adulto/jovem, ainda tenho pai e tenho que os poupar ao meu sofrimento.
      Tal como eu, aquilo que sua mãe nunca quereria ver era o seu sofrimento. Ela simplesmente desistiu de sofrer, não de viver. Dê-lhe esse direito, por favor, ok? Também seria muito difícil para si vê-la sofrer e não poder fazer nada. Ela provavelmente quis poupa-lo a esse sofrimento, por tanto gostar de si e por saber que também o quanto gostava dela.
      Agora tem de ser forte e mostrar-lhe que o filho (você) ganhou asas e sabe voar. Será um grande orgulho para ela saber que tem um Grande Filho, um Grande Homem com muita vida pela frente e capaz de fazer feliz muita gente, mesmo com a dor de não a ver. E brinde pela sorte de ter uma Grande Mãe. Sim, porque ela irá estar sempre a vê-lo e a ajudá-lo. Quem sabe se não foi ela que me mandou escrever-lhe? Eu nunca o tinha participado num blog... Toda a mãe tem de partir primeiro e como alguém disse, "o Homem não vale pelas vezes que cai, mas sim pelas vezes que se ergue".
      Espero ter ajudado
      Um abraço forte, amigo e cheio de força para seguir em frente.

      Excluir
  48. Boa tarde, sei o q é perder um membro da família tão querido...meu pai faleceu c 59 e hoje sinto q em breve tbem perderei minha mãe p esta doença cruel...somente Deus pode nos dar verdadeiro consolo através da esperança da ressurreição..acredito nisso, pois Deus promete e garante isso...

    ResponderExcluir
  49. Creio muito em Deus também! Ele tem um propósito para tudo e para todos! Beijosssss

    ResponderExcluir
  50. Olá a todos. A minha mãe também foi Diagnosticada há duas semanas com neoplasia do corpo gástrico e carcionomatose peritoneal. Nestas duas semanas parece que tudo desabou. Está internada desde então, muito inchada, com ascite... E sonda para drenar o líquido. Os médicos dizem que não há possibilidade de operar, só tentar que haja a possibilidade de fazer tratamento caso ela aguente, ainda irão analisar com a equipa de oncologia. Neste momento a minha mãe só bebe água e chá...e iogurtes líquidos.... Alguém me pode ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando o ca é diagnosticado em estágio avancado6, geralmente os médicos tentam partir para a quimioterapia, para reduzir o tumor e, após efetuar a cirurgia, mas cada caso é um caso e caberá à equipe médica decidir qual a melhor conduta! Mas procure ter fé! Beijos e boa sorte,

      Excluir
  51. Nancy
    Só com a quimioterapia e possível diminuir o tamanho da ascite?
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde! Estou respondendo a sua pergunta pois também tinha essa dúvida, minha mãe tinha ascite e derrame pleural, e quando ela começou a quimioterapia, não teve mais nenhum dos dois problemas, com a quimioterapia só tem a melhorar o bem estar dela quanto a isso.

      Excluir
  52. Minha mãe foi diagnosticada com adenocarcinoma de ovário com metástase peritoneal em 2012, hoje após completar 5 anos de tratamento com 2 recidivas ela se encontra há 3 dias vomitando tudo que come, não parando nada no estômago, sentindo fortes dores no abdômen e foi informada que não adianta mais fazer quimioterapia, que é só ir para casa e tomar codeína para aliviar um pouco a dor. Esta sendo muito triste e difícil para mim aceitar que está próximo o fim dela. Peço a Deus para que não seja muito tempo sofrendo. Alguma dica para ela se alimentar? Obg.

    ResponderExcluir
  53. Minha mãe foi diagnosticada com adenocarcinoma de ovário com metástase peritoneal em 2012, hoje após completar 5 anos de tratamento com 2 recidivas ela se encontra há 3 dias vomitando tudo que come, não parando nada no estômago, sentindo fortes dores no abdômen e foi informada que não adianta mais fazer quimioterapia, que é só ir para casa e tomar codeína para aliviar um pouco a dor. Esta sendo muito triste e difícil para mim aceitar que está próximo o fim dela. Peço a Deus para que não seja muito tempo sofrendo. Alguma dica para ela se alimentar? Obg.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Moyses,
      Muito triste ler o relato sobre sua mãezinha! Muita fé e força nesse momento!
      O que tenho a indicar a você quanto à alimentação é o seguinte: Nutren três vezes ao dia ( 4 medidas ) , dissolvido em meia xícara de água de coco e uma medida ( mais ou menos uma colher de sopa cheia) de Atemoia). Misturar bem e tomar.
      Que Deus os abençoe!

      Excluir
  54. Eu descobri o Câncer de ovário à cinco anos, também sempre me cuidei, fazia exames periódicos anualmente, comecei sentir muitas dores de estômago, minha barriga aumentou muito, procurei um gastro ele diagnosticou que eu estava com muitos gazes, o resto da história é igual a tantas Outras que li aqui, hoje me sinto uma vitoriosa, depois de cinco anos, continuo fazendo quimioterapia, e resistindo a tudo graças a Deus e meu querido oncologista Dr. Marcelo.
    Eu gostaria de sabe porque a Nanci não está mais respondendo às postagens, sim é uma pergunta com segundas intenções, pois pelo que li nos duas ficamos doentes na mesma época, eu quero sabe como ela está?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia,
      Nossas histórias são bem parecidas, além do que, fomos diagnosticadas na mesma época!
      Eu estou bem, graças a Deus!
      Fique bem!
      Beijosss

      Excluir
  55. Boa tarde! Minha mãe tem 62 anos, foi diagnosticada com Ca de Ovário em 2014 em estágio IIIC. Até hoje ela luta contra o câncer. Fez cirurgia e 10 sessões de quimioterapia, dia 28 voltará no medico pra pedir novos exames. É uma situação muito difícil, sou a filha mais nova dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, realmente o cá de ovário não é algo fácil de se lidar, mas também não é impossível! Tenha fé que dará tudo certo! Forte abraço! Fiquem com Deus!

      Excluir
  56. OLÁ, MINHA MÃE FOI DIAGNOSTICADA COM CA DE COLO UTERINO, FEZ HISTERECTOMIA TOTAL BILATERAL E 25 SESSÕES DE RADIOTERAPIA, NÃO NECESSITANDO DE QUIMIO, SEGUNDO O MÉDICO DELA, JA QUE ESTAVA EM UM NÍVEL DE ESTADIAMENTO 1. TUDO CORREU MUITO BEM, PORÉM, NO PRIMEIRO RETORNO MUNIDA DO EXAME DE TOMOGRAFIA ABDOMINAL, PREVENÇÃO E CA 125, ONDE ESTE ÚLTIMO DEU 158. O MEDICO RESIDENTE FOI QUEM AVALIOU OS EXAMES E DISSE QUE ESTAVA TUDO NORMAL E QUE ELA RETORNASSE DENTRO DE 6 MESES. ACHEI A CONDUTA ESTRANHA DIANTE DO VALOR DO MARCADOR TUMORAL CA 125, PORÉM, ELE ENQUANTO MEDICO DEVERIA SABER O QUE ESTAVA FAZENDO, SÓ QUE ANTES ELA JÁ ESTAVA TENDO PROBLEMAS PRA COMER POIS VOMITAVA E SENTIA INCÔMODO NA REGIÃO DO ABDOMEM, MAS ELE NADA FEZ. DOIS MESES APÓS ELA RETORNA COM O INCHAÇO NO ABDOMEM E O PRÓPRIO FALA QUE PROVAVELMENTE A DOENÇA VOLTOU, POIS O CA DEU ALTO E ENCAMINHA PARA RETIRADA DO LIQUIDO. ISSO FEITO ELA VOLTARÁ A CONSULTAR O MÉDICO DELA E NÃO MAIS ELE, APESAR DE ESTE SER MEDICO RESIDENTE QUE ACOMPANHA O MÉDICO DA MAMÃE. ESTOU BEM ANSIOSA E COM MEDO DO QUE PODE SER, SE DE FATO É METÁSTASE E EM QUE NÍVEL ESTÁ, SE LOCALIZADO, SE POSSIVEL DE TRATAMENTO...ENFIM COM MUITO MEDO MESMO. ABS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que eu também fico ansiosa quando sou atendida pelo assistente do meu .médico! Infelizmente, a educação em nosso país vai de mal a pior! E na área médica, não deixa de ser difetente! Um médico precavido jamais pediria um retorno após 6 meses com um cá 125 em 158! Erros e mais erros é o que tenho visto! Melhoras para sua mãe! Beijos

      Excluir
    2. Confesso que eu também fico ansiosa quando sou atendida pelo assistente do meu .médico! Infelizmente, a educação em nosso país vai de mal a pior! E na área médica, não deixa de ser difetente! Um médico precavido jamais pediria um retorno após 6 meses com um cá 125 em 158! Erros e mais erros é o que tenho visto! Melhoras para sua mãe! Beijos

      Excluir
  57. Os suplementos de ervas existiram há milhares de anos e podem ser rastreados durante várias culturas diferentes. Por enquanto. As ervas agora são usadas para curar diabético, herpes, dor crônica, asma e até viúvas. Eu amo muitas ervas. Na maioria das vezes, injeção e drogas são apenas uma perda de tempo. Fui curado de HIV no ano passado com o uso de ervas, sofri de HIV por 13 anos, mas com a ajuda da DR. Oásis à base de plantas medicinais, fui curado dentro de algumas semanas de usar as ervas que ele me enviou através do serviço de entrega de correio. Eu não conheço o tipo de problema de saúde que está enfrentando agora, mas eu assegurei que você vai curar se você entrar em contato com o Dr. OSAS e explicar seu problema para ele, que as questões serão resolvidas em poucas semanas. Entre em contato com o Dr. OSAS através de Seu endereço de e-mail: drosasherbalhome@gmail.com ou WHATSAP / CHAME-O no +2349035428122. Site http://drosasherbalhomecure.webs.com

    ResponderExcluir
  58. Sou Tom Kingsley, sou do Texas, EUA. Faz um tempo que escrevi para agradecer a minha vida pelo Dr. OHIKHOBO que me ajudou na minha vida. Fui infectado com HERPES SIMPLEX VIRUS em 2016, fui a muitos hospitais para curar, mas não havia solução, então estava pensando como conseguir uma solução para que meu corpo possa estar bem. Um dia, minha tia Rosa me apresentou ao doutor OHIKHOBO tendo visto tantos testemunhos on-line sobre sua medicina herbal para curar HERPES e me deu seu email: drohikhoboherbalcenter@gmail.com, então eu envio-o. Ele me contou todas as coisas que eu preciso fazer e também me dar instruções para seguir, o que eu segui corretamente. Antes que eu soubesse o que está acontecendo depois de uma semana, o HERPES que estava no meu corpo desapareceu. Então, se você está tendo herpes ou qualquer tipo de doença listada abaixo * DIABETES * CANCER * STROKE * INFERTILIDADE * DOENÇA CARDÍACA e você também quer cura, você também pode enviá-lo por e-mail para: drohikhoboherbalcenter@gmail.com e ligue para ele via + 2349053294137 Ou whatsapp ele via +2348103601042 aqui é seu site http://drohikhoboherbalcenter.webs.com

    ResponderExcluir
  59. Boa noite!!!
    Em 2016 tive CA no pâncreas em fase inicial, removido na cirurgia o corpo e cauda que era a parte afetada, e fiz 18 sessões de quimio, sendo que meus exames davam tudo normal, nesse período não senti nenhuma dor.
    No início desse ano descobri adeno no peritônio e no ovário, além de estar com ascite volumosa.
    Foi acusado metástase do pâncreas. Em relação ao peritônio vi que é comum, mas do pâncreas para os ovários não encontro nada.
    Gostaria, se possível, de obter mais informações.
    Grata,
    Simone Batista

    ResponderExcluir
  60. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

CÂNCER DE OVÁRIO - NOSSA VOZ GANHANDO FORÇAS

Há 5 anos atrás muito pouco se ouvia falar sobre câncer de ovário! Muitas mulheres diagnosticadas com ca de ovário  sofriam caladas e isol...